Semana do MEI capacita 550 pessoas em Irecê e Chapada Diamantina

Semana do MEI capacita 550 pessoas em Irecê e Chapada Diamantina
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Realizada de 8 a 12 de maio, programação em oito cidades levou orientações gratuitas, cursos e oficinas

A Semana do MEI realizada em Irecê e em mais sete cidades da Chapada Diamantina, envolveu cerca de 550 pessoas, com atendimentos, orientações e capacitações. De acordo com o gerente regional do Sebrae em Irecê, Edirlan Souza, o número de orientações empresariais teve um saldo positivo. “O resultado, somado à participação nas capacitações nas 21 oficinas e cursos, confirma o fato de que os empreendedores formalizados querem apoio para o desenvolvimento”.

O foco principal foram as capacitações oferecidas gratuitamente, como as Oficinas SEI, assim como orientações para as obrigações legais do MEI, serviços de baixa, formalização, alteração da empresa, cursos de inovação, clínicas tecnológicas, orientações quanto ao preenchimento da declaração anual, entre outras.

Além de Irecê, Seabra, Bonito, Mucugê, Morro do Chapéu, Novo Horizonte, Barra da Estiva e Souto Soares contaram com Oficinas SEI, que abordaram temas como, compras, vendas, finanças, planejamento, gestão e empreendedorismo. Foram ofertados ainda cursos e capacitações sobre formalização e inovação.

Fabíola Pimentel, da Fabíola Culinárias, participou da palestra “MEI:Como se formalizar” e conheceu todos os benefícios da formalização “Eu já queria ser MEI e depois da palestra, eu entendi a importância de ser um empreendedor formalizado. Em breve vou procurar o Sebrae para me formalizar”, afirmou.

Já Jeovane Cardoso,proprietário da PH Mudas, saiu da cidade de Central, distante quase 40km de Irecê, para assistir várias capacitações durante a Semana do MEI. “Eu sempre participo das capacitações oferecidas pelo Sebrae, e, durante a semana, me interessei por vários temas. Foi ótimo para me atualizar e observar outras formas de inovar”, disse.

Formalização

O Microempreendedor individual é uma figura jurídica que beneficia, com a formalização, empreendedores com faturamento bruto anual de até R$ 60 mil anual (R$ 5 mil/mês). São artesãos, pipoqueiros, cabeleireiros, pintores, pedreiros, manicures, ambulantes, vendedores de roupas e costureiras, e empreendedores em outros segmentos que antes atuavam na informalidade.

A figura do Microempreendedor Individual está na Lei Geral da Micro e Pequena Empresa e entrou em vigor no Brasil em julho de 2009. A Lei Geral é uma legislação de fomento aos pequenos negócios.A Semana MEI é realizada anualmente pelo Sebrae, no Brasil, para capacitar microempreendedores individuais assim como orientá-los para as obrigações legais e estimulá-los a crescer.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.