Sport e Bahia ficam no empate na primeira decisão da Copa do Nordeste

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Com um gol de Juninho de cada lado, a primeira disputa entre Sport e Bahia pelo título da Copa do Nordeste terminou com o empate em 1 a 1, após um jogo bem movimentado na Ilha do Retiro.

Com a igualdade, o time do Bahia comemora uma pequena vantagem, já que poderá jogar pelo empate sem gols na partida de volta, marcada para a próxima quarta-feira (24), na Arena Fonte Nova, já que o gol marcado fora de casa serve como critério de desempate.

A primeira etapa foi agitada na Ilha do Retiro, e os donos da casa começaram com as melhores chances. Aos 12, Matheus Ferraz aproveitou o cruzamento de Fabrício e mandou a bola na trave da meta defendida por Jean.

Aos 23, grande jogada do Sport e quase que sai um golaço. Pela direita, Diego Souza fez um cruzamento na medida para Rogério finalizar com um volêio, mas o chute cruzado parou na defesa do goleiro.

O Sport seguiu pressionando e criou pelo menos mais duas boas chances de abrir o placar, mas quem chegou a comemorar, mesmo que por instantes, foi o torcedor do Bahia.

Aos 43, Juninho cobrou falta mandando a bola para dentro da área. A bola afastada pela defesa sobrou nos pés de Zé Rafael, que mandou de primeira e balançou a rede. O lance, contudo, foi anulado já que a arbitragem entendeu que Renê Junior, em posição irregular, atrapalhou o goleiro Magrão.

Se a festa do torcedor do Bahia foi frustrada nos minutos finais do primeiro tempo, ela aconteceu no começo do segundo. Aos 12, depois de boa jogada pela esquerda, Matheus Reis foi até a linha de fundo e fez o cruzamento. Matheus Ferraz tentou afastar, mas a bola sobrou para Juninho encher o pé e abrir o placar.

A vantagem dos visitantes tinha tudo para aumentar aos 21, não fosse um verdadeiro milagre de Magrão. Pela direita, Juninho mandou a bola para a área em cobrança de falta. Edigar Junio apareceu livre, atrás da defesa, e mandou de cabeça. Bem posicionado, o goleiro do Sport evitou que a situação da equipe pernambucana ficasse ainda pior.

Se Juninho colocou o Bahia na frente, o xará do Sport deixou tudo igual. Aos 35, em cobrança de escanteio que o time baiano alegou não ter acontecido, o time da casa conseguiu ganhar a disputa pelo alto e Juninho, agora do Sport, comemorou o gol do empate.

O jogo ficou quente nos instantes finais, com Durval quase marcando para o Sport aos 42, e Raul Prata salvando um gol que parecia certo para o Bahia, quando Gustavo aparecia na segunda trave para marcar, mas a defesa do Sport salvou em cima da linha.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Facebook Comments